No artigo “150 anos de um clássico“, Venício de Lima chama atenção para o livro “sobre a liberdade”, de John Stuart Mill. Em tempos de “familia Sarney X imprensa”, é sempre bom lembrar alguns princípios filosóficos. Comenta Venício:

“(…) A ameaça à liberdade – em particular à liberdade de expressão e à liberdade de imprensa – tem sido identificada no espaço público agendado pela grande mídia como vindo exclusivamente do Estado, mesmo que estejamos vivendo em um Estado de Direito, no pleno funcionamento das instituições democráticas.

Nada mais oportuno, portanto, do que lembrar que este não era o entendimento de John Stuart Mill em Sobre a Liberdade. Para ele, o poder dos “costumes”, da uniformidade do pensamento (hoje talvez ele dissesse, da opinião pública construída, sobretudo, pela grande mídia) constituía a verdadeira ameaça à individualidade, à diversidade e à pluralidade.

A liberdade de imprensa, no liberalismo de Mill, encontra sua justificativa na medida mesma em que permita a circulação da diversidade e da pluralidade de idéias existentes na sociedade – vale dizer, garanta a universalidade da liberdade de expressão individual ou do direito à comunicação –, condição sine qua non para o aparecimento da verdade, embora nada garanta que ela venha a prevalecer.”

Leia tudo no Observatório da Imprensa.

  • Alex Gomes

    é fato que a família Sarney foi perseguida pela imprensa comprada e sem escrúpulos! é triste olhar pro noticiário, seja jornal, revista ou TV e ver que maior parte daquilo tudo é armação…

  • http://digao.bio.br Rodrigo Travitzki

    Minha vó me ensinou a desconfiar de toda frase que começa com “É fato que”…

  • Alex Gomes

    E eu desconfio da mídia. Sempre!

  • http://digao.bio.br Rodrigo Travitzki

    Concordo plenamente.
    Aliás, falando em exercitar o raciocínio crítico, reparei que seu email mudou desde o último comentário. Fiquei curioso, você se chama mesmo Alex Gomes ou está usando um pseudônimo?
    Gostaria de dizer pra você ficar tranquilo que os emails não são publicados e não enviamos nenhum tipo de spam ou propaganda.

  • Alex Gomes

    meu nome é Alexandre Gomes, mas o povo me chama de Alex mesmo. É q no primeiro comentario sem querer eu usei meu e-mail de trabalho.

  • http://digao.bio.br Rodrigo Travitzki

    OK, só pra saber…
    E conta uma coisa: você é a favor da permanência do Sarney? Ou está apenas nos relembrando que é bom manter os olhos abertos?